Quem Sou Eu?

Nesse vídeo conto um pouco sobre o final do meu último Caminho de Santiago quando conheci um senhor que me falou pela primeira vez sobre auto questionamento, sobre utilizar a pergunta Quem sou Eu? para chegar a plena Consciência

 

Nada é Ruim…Tudo é Consciência

Nada é Ruim…Tudo é Consciência

Outro dia estava eu em meditação, observando meus padrões mentais e lutando contra meu Ego, então senti que tudo, tudo era Consciência, então tudo era Perfeição e tudo estava em seu perfeito lugar.

Quem me conhece há algum tempo escuta uma ladainha que vivo repetindo de que não existe certo ou errado, nem bom nem ruim, tudo depende da forma como você enxerga. Para muitas pessoas uma situação pode ser ruim e para outras a mesma situação pode ser vista de uma forma positiva. Mas a resposta não é enxergar as coisas de uma forma positiva, ou tudo como sendo bom, e sim entender que as coisas são o que são, nem boas nem ruins, nem certas nem erradas, elas apenas se movimentam na energia do universo exatamente como devem ser.

Tudo trabalha para o nosso despertar!

Nos ferimos e nos chateamos com situações que acontecem fora de nós, vemos o mundo como um lugar ruim, pensamos que temos que nos defender e nos proteger, tudo isso porque estamos identificados com o nosso corpo e com a nossa mente. E vivemos em um mundo em que a maioria das pessoas está identificada com a mente, e tudo bem!!! Isso faz parte do nosso processo de despertar para a realidade da nossa Consciência.

Quando senti que tudo era perfeição percebi que nem o Ego, nem a mente eram ruins, que o Ego também trabalha para o nosso despertar, tive uma visão como se o Ego fosse a barriga de uma mãe e nós fossemos os bebês ali dentro, nós ficamos ali até o momento em que saímos, então não podemos dizer que a barriga da mãe é ruim certo?! O Ego existe para que em nosso processo de expansão de Consciência nós tenhamos as experiências necessárias como pessoas, até um momento em que a gente percebe que não precisamos mais viver essas experiências fora de nós e estamos preparados para experiênciar a Consciência em seu estado puro. Até o momento de nos cansamos de nos identificar com o nosso corpo e a nossa mente, que cansamos de andar em círculos kármicos, então despertamos para a realidade da Consciência.

Não estou pedindo para você acreditar ou concordar com o que estou falando, apenas experiencie, sinta a sua Consciência e em um momento você vai perceber que tudo é Consciência! A Consciência governa todas as coisas, a gente querendo ou não, por isso a Entrega é uma grande ferramenta. Entregue tudo para sua Consciência, pois ela já governa a sua Vida sem você perceber, então quando você entrega, começa a perceber a maravilhosa dança da Vida!

Você É Consciência Agora quer você perceba isso ou não!!!

Eu Aceito, Entrego e Confio é um poderoso mantra! Eu aceito, entrego e confio, sem restrições, sem amarras, sem condições, aceito o que a vida me traz e vivo cada experiência como é! Sem julgamentos, não estamos aqui para escolher as experiências e sim para vivê-las de coração aberto! Com tudo o que elas podem nos proporcionar!!!

Beijos no coração!!!

Muito Amor, Paz e Luz da minha Consciência para a sua Consciência!

Namastê,

Juliana

Conflitos e Relacionamentos

Conflitos e Relacionamentos

Olá a todos! Tenho observado que na época de Natal muitos conflitos entre as pessoas emergem, em especial nos relacionamentos familiares. Pois bem, como sempre digo todos os conflitos e turbulências são grandes oportunidades para olharmos para nós mesmos e sentirmos quem somos realmente.

Quando uma pessoa ofende a outra, a quem ela ofende? Quem se sente ofendido? É a sua imagem e não você como Ser… As outras pessoas em geral apenas nos mostram o que vai dentro de nós mesmos, da nossa própria mente. Eu sempre brinco que temos várias entradas USB, vários cabos vem de fora, mas só se conectam aqueles que encontram um ambiente favorável dentro de nós mesmos. É como um espelho, o que vemos no outro é o que vemos em nós. Quando você se sente magoado, ofendido, abalado por alguma pessoa ou situação, procure perceber dentro de você o que aquela pessoa ou situação está tentando te mostrar que já existe dentro de você, aquela pessoa ou situação está mostrando um sentimento ou padrão mental que já existe dentro de você. O incômodo que ela causa está te mostrando um incômodo interno, se isso não existisse a situação ou a pessoa simplesmente não te afetariam.

A oportunidade então está em observar o seu padrão mental, sem julgamento e perceber o que vai dentro de você. Nosso movimento automático consiste em reagir e acreditar que o outro é que nos causa desconforto, então começamos a tentar controlar o outro e o ambiente, tentar nos afastar de situações e pessoas que nos causam mal estar, sem perceber que ali está a chave para olharmos e aceitarmos sem julgamento um padrão mental que possuímos.

Uma outra observação interessante é perceber que as pessoas agem de acordo com o que vai dentro delas, pouco tem a ver com a gente, nós também agimos de acordo com o que vai dentro de nós, somos muito auto referentes e acreditamos que tudo tem uma razão, tentamos entender e compreender todas coisas de acordo com um ponto de vista muito pessoal, acreditando que tudo o que acontece fora de nós tem relação com quem somos. É como se o mundo e todas as coisas girassem em torno do nosso umbigo. Mas nem nós, nem as outras pessoas fazem isso por mal… estamos todos em busca de um amor que acreditamos que falta dentro de nós, porque estamos muito afastados de quem realmente somos e muito identificados com os nossos pensamentos e nossos padrões mentais.

Não existem situações ou pessoas ruins, tudo é Consciência, tudo! A identificação com a mente e com padrões mentais é que nos afasta da nossa natureza real de quem somos realmente e cria todas as turbulências… mas como eu disse nem as turbulências são ruins, elas são oportunidades para despertarmos para a realidade do nosso Ser! Se nos percebemos como Consciência percebemos os outros como Consciência também!

O nosso inimigo é na verdade o nosso melhor amigo!

Outro dia recebi uma citação do Ramana Maharshi que dizia:

Pergunta: Como devemos tratar os outros?

Ele respondeu: Não existem outros

Não existem outros, pois todos somos uma única Consciência, uma única Energia. Estamos nesse corpo e nos relacionamos porque acreditamos que somos separados dessa Energia única, mas isso também não é ruim… é a nossa chance de sentirmos essa Energia dentro de nós e percebermos que Somos Luz!

Muito Amor, Paz, Alegria e Luz da minha Consciência para a sua Consciência!

Namastê,

Juliana